segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Subservient Chicken

Li todos os posts, e por incrível que pareça ninguém postou o que é considerado o rei dos virais na internet... logo pensei: "Será que o pessoal nunca ouviu falar de "Subservient Chicken"??? Claro, com exceção do Chapetta (Mesmo que ele não conheça, vai dizer que conhece). De qualquer maneira essa idéia foi a pioneira do gênero "Mande fazer e ele faz" - Obs: Antes, foi postado no blog sobre o que as mulheres fazem para cuidar do cabelo, com conceito parecido -

De qualquer maneira não vou nem ficar postando muita informação em relação ao planejamento e objetivos da campanha, só vou dizer que foi criada pela excepcional agência Crispin Porter + Bogusky para o Burguer King.

http://www.subservientchicken.com/

Dicas para diversão: Experimentem escrever as palavras "Die", "Lay Egg", "Fly"

Lista de comandos:
http://en.wikipedia.org/wiki/Subservient_Chicken

No início é bem divertido, mas depois perde a graça... porém a primeira vez que vi o "die" passei mal de tanto rir, fico pensando o que levou um sujeito vestido de galinha passar esse ridículo em busca de alguns milhares de dollares...

4 comentários:

Priscilla disse...

eu ja tinha visto
vi isso uns dois meses atras, bem depois que foi veiculado, mas agora ja nao tem tanta graça qt no antigamente.
varios ja fizeram paradas semelhantes

Diogo Parreira disse...

É demais mesmo. Esse é mais doente que a mulher. A mulher não aceitava jogar ácido e nem tacar fogo no próprio cabelo.

victor disse...

Ja tinha ouvido falar mas ainda nao tinha entrado no site nao. Bem engracado mesmo, essa do "DIE" eu fiquei rindo igual bobo aqui tambem! hahahahha

Mariana Matos disse...

alguns milhares de dólares fazian sentido na minha cabeça, principalmente pensando com a minha mente de menina e carioca que imagina logo o calor naquelas vestes e o peso daquela cabeça de galinha sobre os ombros. Convenhamos que a identidade da pessoa ao menos não é revelada (hauahuahauha). No entanto, acredito que faltou som nesta idéia... percebi a falta que faz qd vi a ridícula cena que se seguiu depois que digitei "sing" hahahaha valeria mt a pena ouvir. Sem trocadilhos.